quarta-feira, 7 de novembro de 2007

Diário de uma lua-de-mel / Dia 2

Paragem França - Porto de Nice

Esta foi sem qualquer dúvida a terra que mais adorámos, ficou mesmo no nosso coração. Ainda hoje brincamos e dizemos que quando formos grandes queremos ir viver para o Mónaco.

Como nós somos gajos cheios de "guito" fizemos excursões em todas as paragens que o cruzeiro fez, valeu muito a pena porque visitámos coisas lindissímas e com as devidas explicaçações e acompanhamento de guias de cada local. Já levávamos a lição bem estudada e as excursões previamente escolhidas...

Neste porto escolhemos a visita ao Mónaco e Monte Carlo e digo-vos que foi mais lindo do que pensávamos, também não podemos esquecer que afinal aquilo é um principado... Tudo era lindo, os edifícios, os carros, o mar, a praia, os jardins (então esses eram coisas demais, cada pedra colocada em local estudado, cada planta, cada estátua), os centros comerciais com candeeiros de cristal com mais de 2 metros de comprimento... salientando pormenores como uma salada de polvo custar 24€, um boné ranhoso 75€, um casaco de malha em loja que desconhecemos o nome a módica quantia de 6.700€, pois é!! Um T1 lá, assim dos mais baratos era sempre para cima dos 700.000,00€!

Meus amigos aquilo era um nível de vida que não dava para o nosso bolso!


Este era o porto de Nice, foi o único que vimos assim... um porto turístico.

Também havia carros de bombeiros como os de cá (impressionante, mas tenho uma data de fotos tipo esta, alarmes de incêncio, desfriladores, etc)




Aqui já é no Mónaco, cá cada família tem 1 ou 2 carros, lá cada família tem 1 ou 2 barcos!



Por detrás da minha pessoa fica à beira-mar uma parte da pista de Monte Carlo do Grande Prémio do Mónaco, fizemos de autocarro uma grande parte da pista.
Onde o piloto brasileiro Ayrton Senna conquistou 6 vitórias.


Aqui o humilde castelo da realeza de lá, fomos informados que o Principe Alberto II estava em casa... ainda pensei ir lá beber um cházinho mas como era quase hora de almoço pensei que era melhor não porque devia estar ocupado o senhor.

Visitamos também o túmulo da Princesa Grace que pelos visto ( isto é o que faz não ler as revistas cor-de-rosa) parece que morreu nas montanhas que de lá se avistam num acidente de cavalo... espalhou-se de lá abaixo.


Tive oportunidade de finalmente falar com a Branca de Neve e conhecer 1 a 1 os 7 anões! Andava para falar com estes gajos à anos, haviam certas dúvidas existencias que me assombravam desde a infância... afinal não, os 7 anões nunca comeram a Branca de Neve. Dão-se como irmãos... hummm

Nas deambulaçãoes já por nossa conta corremos grande parte daquela zona...

Na parte traseira do teatro temos o Cabaré e o Piano-Bar.

Esta coisa simples era o casino ali da terriola, pagava-se 10€ só para entrar!!! Jogar então nem quis saber... Como podem ver é só Fiat's e papa-reformas ali estacionados à frente.



Todos comprados nestes stand's que por cá também existem em todo o lado, são dos mais banais.


E está na agenda para o ano que se aproxima construir ali uma discreta morada talvez ao lado de um actor famoso de Hollywood... onde será a do Dicaprio?

O jantar foi daquelas coisas maravilhosas, tudo de luxo e à carta como manda a regra... se não me falha a memória foi neste dia que houve o cocktail de boas vindas com o comandante. Mas não me esqueço de certeza que foi nesta noite que conhecemos compatriotas nossos... aqui bem de pertinho ( da belissima terra de Carvide City, ali mesmo ao lado de Monte Real), aquilo é que foi festa até às tantas e sempre a bombar!!

Existem provas, felizmente, do belíssimo estado que aqui o homem da casa chegou ao camarote...

Próxima paragem La Piu Bella... Itália!

2 comentários:

Isália disse...

simplesmente lindo....fiquei sem palavras...só de ver...imagina se lá fosse

Gabriela... disse...

Olá Isália,

Obrigado, sem dúvida foi dos locais mais lindos que visitei até agora! aquilo parecia tirado de um conto de fadas....
beijo