quinta-feira, 23 de março de 2017

Dicas anti-anemia: Sumo de beterraba

Após 6 meses de sumo verde de espinafres com laranja mudei de cor.

Ensinado por uma enfermeira, não da nossa cultura tão medicamentosa, posologia de 2 vezes por semana.


- 1 beterraba;
- 2 bananas;
- 1/2 copo de bebida vegetal à escolha;
- sumo de 1/2 limão.

Triturar tudo na liquidificadora e tomar 30 minutos no mínimo antes das refeições e evitar à noite (a mim causa-me insónias).



A beterraba tem benefícios provados como de desintoxicante, depurador do sangue e fazer a pele brilhar.

Rica em anti-oxidantes, ferro, sódio, potássio e magnésio.
Benefício para todo o sistema cardiovascular uma vez que ajuda a reduzir o colesterol, baixa a pressão sanguínea.
Ajuda o fígado no processo de desintoxicação do sangue e fígado protegendo as células do mesmo. E um fígado saudável previne o cansaço e as náuseas.
Previne o cancro devido à presença da betacianina que inibe a formação das células cancerígenas.
Devido ao seu alto teor de fibra estabiliza os níveis de açúcar no sangue sendo ideal para diabéticos.
Reduz a anemia, para além de conter ferro regenera e ativa RBC no sangue e previne a grande maioria dos sintomas tradicionais da anemia.
Melhora a digestão e previne a obstipação devido à sua riqueza em fibra ajuda a digestão e a evacuação.
Previne a perda de memória e a demência uma vez que melhora o fluxo sanguíneo.
Auxilia a perda de peso e aumenta a resistência devido a ser um alimento pobre em calorias e isento de gordura aliado à grande quantidade de nutrientes e minerais que possui que rejuvenescem o corpo.
E a pérola é que ajuda na saúde capilar sendo benéfica efetivamente no crescimento do cabelo. (fonte Dicas de Saúde)

terça-feira, 21 de março de 2017

Gabriela...

Eu juro a pés juntos que vi o sósia do Kurt Cobain neste mesmo plano astral em que resido.

Estava a fumar eram umas 8h e pouco da manhã aqui num café à saída da Marinha Grande, vestido de preto, o mesmo cabelo ranhoso alourado, magro e metendo pouca cobiça.
E neste momento deve pensar que há uma certa rapariga num carro preto que tem que deixar as drogas ao pequeno-almoço porque travar a fundo no meio da estrada para ficar embasbacada a olhar para ele de certeza que não é sinal de grande pureza de espírito.


segunda-feira, 20 de março de 2017

VEGAN 2016 - THE FILM : A Growing Movement Under Attack



A melhor curta reportagem que vi nos últimos tempos sobre Veganismo.
Quando passamos uma vida a ser iludidos pela indústria da carne/ovos e leite que controlam os meios de comunicação social e se apoiam em décadas de desinformação, uma tradição auto-imposta que resultou numa resistência cultural motivada por ideais bem superiores que são os económicos.
Porque tudo se resume a milhões, eles não querem saber da nossa saúde, do sofrimento animal, da destruição acelerada do nosso planeta, do aumento exponencial das doenças ditas sem cura ou terminais que matam sem diferenciação de idade,sexo ou religião...
Quando cada vez mais conseguem sair cá para fora excelentes reportagens como esta que mostram ao mundo o que muitos escondem.
"Cowspiracy" foi o ponto de viragem para muitos.
Ainda muito recente nos noticiários a Operação "Carne fraca" no Brasil que deu e vai continuar a dar que falar.
Isto é o que o mundo nos dá de comer! Só temos que dizer que não.
Lutar contra a nossa zona de conforto e um dia de cada vez abrindo os olhos para uma total nova realidade.

Porque doentes como eu, diagnosticados com uma doença dita de crónica, nos deparamos cada vez mais com médicos e decisões de tratamentos que nos dão vontade de gritar "Não quero mais medicamentos!" e que está preto no branco que não nos querem curar, somente encher de mais medicamentos.
Estamos a alimentar mais uma indústria tão inseparável da anterior, a farmacêutica.
E vocês pensam como é que alguém com uma anemia sideropénica grave causada por um indecifrável síndroma de má absorção e uma rara reação alérgica a suplementos de ferro sobrevive?
Alimentação! Uma alimentação baseada em plantas e em aprender a retirar o que melhor há nelas.
Nunca tive os normais sintomas de anemia que agora tenho plena consciência de que já vivia com ela há mais de 4 anos levando uma vida totalmente normal.
E vou resistindo mês após mês, adiando as transfusões de sangue para as quais fui vaticinada pelo hospital...

"Seja paciente, saiba se perdoar e não desista. Quase ninguém se tornou vegano do dia pra noite. Fazer uma transição lenta e consciente é essencial pra manter a saúde e pra que essa escolha seja duradoura na sua vida. Se hoje você não resistiu ao pedaço de queijo, respire fundo e prometa que amanhã você se esforçará mais. Ficar se culpando por eventuais “recaídas” é inútil. Mudar de regime alimentar não é fácil e requer perseverança. Se não deu pra ser 100% vegano hoje, haverá sempre a possibilidade de recomeçar tudo amanhã. O importante é não desistir."

Texto original escrito por Sandra Guimarães - http://www.papacapimveg.com/

Completamente rendida a James Aspey.

domingo, 19 de março de 2017

I feel music #11



Uma mulher com M.
Uma melodia que ficou no ouvido numa playlist intitulada "Fim semana no parque" enquanto respondia a uma dezena de email's.

quinta-feira, 16 de março de 2017

Piadinhas secas...

"-Mãe, essas calças fazem parecer que afinal tens rabo!"

Depois foi a minha triste figura tipo cão (ou gato) a correr à volta do próprio rabo a tentar ver alguma coisa.

segunda-feira, 13 de março de 2017

Marcar datas importantes

A partir de agora tenho um contador temporário aqui mesmo do lado direito.
Em contagem decrescente para o dia 13 de maio, dia que decidi fazer o derradeiro corte de cabelo em que vou ficar 100% com a minha cor original.
Porquê o dia 13 de maio?
Porque é o dia em que faz precisamente 19 anos que pintei o cabelo pela primeira vez, achei que era a data mais simbólica que poderia haver e marcá-la para o futuro seria legendário!