segunda-feira, 27 de abril de 2015

Rescaldo de uma festa de anos

6 anos!

Como se comemora o 6.º aniversário? 
Muito fácil: para começar cai-se por causa da brincadeira e bate-se com a cara no puxador da porta da casa-de-banho. Está feita a base para todas as fotografias que se poderão vir a tirar.


Depois o resto é só festa..









A autora das fotos, a Senhora Joana Prista.
Cérebro pensante este, que para além das fotos, teve a observação mais inteligente do fim-semana todo.
Enquanto empilhava pratos sujos e garrafas de cerveja vazias berrou:

"Ó mãe, quando eu fizer anos nem um bolo com velas quero, está bem?"

Seja feita a tua vontade...

sábado, 25 de abril de 2015

[[Hot]]

Com esta idade é que estou a virar uma brasa...



Mais uma semana a arder em febre...

domingo, 19 de abril de 2015

Louvar ao domingo - 16.º

Enquanto lêem isto eu devo estar a arrancar os cabelos na festa de anos da Beatriz.
Não é por nada mas desejo estar numa praia e pode ser este moço como companhia...

Jai Courtney

Acho que ele me ia proteger para toda a vida.

A coisa boa a louvar é podermos sonhar!

quarta-feira, 15 de abril de 2015

07/2015


Autora: Susanne Collins
Pontuação: 5*

"Num futuro pós-apocalíptico, surge das cinzas do que foi a América do Norte Panem, uma nova nação governada por um regime totalitário que a partir da megalópole, Capitol, governa os doze Distritos com mão de ferro. Todos os Distritos estão obrigados a enviar anualmente dois adolescentes para participar nos Jogos da Fome - um espectáculo sangrento de combates mortais cujo lema é «matar ou morrer». No final, apenas um destes jovens escapará com vida… Katniss Everdeen é uma adolescente de dezasseis anos que se oferece para substituir a irmã mais nova nos Jogos, um acto de extrema coragem… Conseguirá Katniss conservar a sua vida e a sua humanidade? Um enredo surpreendente e personagens inesquecíveis elevam este romance de estreia da trilogia Os Jogos da Fome às mais altas esferas da ficção científica." em wook.pt


Reler passados quase 2 anos sabe tão bem...

terça-feira, 14 de abril de 2015

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Novas paixões

Como "dosha vata" que se preze, e sem grandes testes para averiguar porque encaixo que nem uma luva no perfil, sou a menina assídua de todas as aulas.


Ao fim de algum treino a primeira posição é uma das minhas preferidas: a árvore.

domingo, 12 de abril de 2015

Louvar ao domingo - 15.º

Trabalho!

Ter efetivamente um emprego, estabilidade, algo que gostamos e nos completa.
No stress e corrida do dia-a-dia esquecemos-nos de agradecer o que temos e que damos por garantido.
Quando paro e escuto o que me rodeia tomo consciência do quanto sou abençoada por ter o "meu trabalho", o que grande parte dos que me rodeiam não têm.

Por mais que reclame, barafuste, bufe, perca noites de sono e horas de fim-semana de volta daquilo... simplesmente é a minha essência porque adoro o que faço.
Adoro as pessoas com que tenho o prazer de trabalhar e espero poder estar com elas por muitos e longos anos.

Pode ser até os elevadores começarem a andar para os lados...

sexta-feira, 10 de abril de 2015

[[ OMG ]]

Conversa de mãe e filha.

Eu - "Joana, como ficou combinado o ano passado, este ano dispensamos a festa de anos com os cromos que já conheces e escolhes um sítio onde ir."
(resposta mais rápida que o Lucky Luck)
Joana - "Algarve!"
(eu em silêncio a olhar para ela e à espera de desenvolvimentos... e em choque. O Portugal dos Pequenitos teria sido bem mais perto)
Joana - "O que é isso?"

Prontos, este ano vamos festejar os 9 anos da moça mais velha em plenas terras algarvias, quem consegue dizer que não a isto?

quinta-feira, 9 de abril de 2015

06/2015



Autora: Paulo Coelho
Pontuação: 4*

"Diário de Um Mago conta a história da viagem de Paulo Coelho pelo lendário caminho de Santiago de Compostela em busca de uma sabedoria ancestral. Foi uma viagem que transformou a sua vida para sempre e que inaugurou uma excepcional carreira como escritor. O Diário de Um Mago revela-nos o caminho para a sabedoria que habita no interior de todos nós." em wook.pt

Mais um livro que deu direito a encher o meu caderno de anotações, não pela sua história que achei vagamente ligeira demais para um assunto que poderia ser mais intenso, mas pelos exercícios aí ensinados.
Iniciante nestas andanças fiquei particularmente fascinada pelo exercício da semente e do enterrado vivo que estão na minha lista de exercícios a fazer.
O sopro de RAM já pratico há uns tempos e achei engraçado ler sobre algo que pratico.
Aconselho vivamente a todos os que querem ir mais além.