segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

domingo, 7 de fevereiro de 2016

Vamos brincar ao Carnaval?


Uma vampira que para o ano quer ir vestida de Princesa zombie e uma gata de trombas que no dia decidiu que afinal queria ir de princesa... mas ninguém lhe passou cartucho.
E assim foi o Carnaval de 2016 em que fiz umas orelhas e rabinho de gato e de vampira pouco ou nada fiz ,mas vou dedicar-me a 200% no Carnaval do próximo ano e ter o prazer de esfarrapar um dos fatos horríveis de princesa que ali repousam do ano passado e criar uma princesa zombie.
Loving it!

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Filmografias - Doces ritmos descobertos

Hailee Steinfeld!

Uma gaita de 19 anos que tem aparecido com frequência em filmes que tenho visto e heis que no primeiro de 2016 abriu uma nova conjuntura juntamente com a nova atualização do Top 100 no Spotify levou-me a pesquisar por ela e foi vê-la em várias produções.



Título: Num outro tom
Ano: 2013
Género: drama / música
Duração: 1h44 min.
Realização: 
John Carney
Intérpretes: Keira KnightleyMark RuffaloAdam Levine 
Ratings: 7.5/10

"Gretta e Dave são dois namorados e parceiros na composição de músicas, que partem para Nova Iorque quando Dave consegue um contrato com uma grande empresa discográfica. Só que a fama e o sucesso  acabam por envolver Dave, que decide deixar a namorada. Mas o mundo de Gretta dá uma feliz reviravolta quando esta conhece Dan, um ex-executivo discográfico completamente falido e em desgraça, que fica imediatamente rendido ao talento em bruto de Gretta quando assiste a uma atuação num palco em East Village. Deste encontro casual resulta uma encantadora e transformadora colaboração, tendo como palco a banda sonora de um verão em Nova Iorque." retirado de mag.sapo.pt

Para mim... 
Eu uma fã incondicional de Keira fiquei espantada com este papel dela e da voz dela a cantar, desconhecia esta faceta dela e achei que até tinha boa voz. 
Adam Levine foi a surpresa, o vocalista dos Maroon  5 como personagem quase principal de um filme e que deliciou com imensas músicas. E claro a Haillee com a sua voz irreverente e que promete um grande futuro.
Um filme aprazível, para se ver uma só vez porque não transporta nada de transcendente.
Um casamento quase acabado e um executivo discográfico quase falido que encontra num bar a voz que andava à procura nos últimos anos.
Sem recursos para lançar um disco nos parâmetros normais lançam-se numa aventura de gravar pela cidade e a ajuda de muitos talentos que vão conhecendo.




quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Arrrgggghhhh...

Sair do trabalho com a genica toda, correr para a piscina, equipar-me num flash certa de que ia ser 1h de piscina sempre a dar.
Mal chego ao recinto e me passo por água concluo que me apetecia era ter ficado sossegada a ler um livro.
Foi 1h que demorou a passar...


terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

[[ Mudanças ]]

E lá ando eu de novo a mudar a mobília cá de casa.
Desmontei a sala, empacotei as cadeiras e mesa, e dei uma lavagem de cara ao hall de entrada.
Rumou ao sótão o bengaleiro, que levei 2 anos a encontrar e foi pintado por mim, foi substituído por uns ganchos 100% IKEA, uma prenda que viajou da Holanda cá para casa, oferta de uma grande amiga e uma sapateira.
Uma nova regra cá de casa: entrar e calçar chinelos.
Isso mesmo a partir de agora temos uma sapateira mesmo à entrada para trocar-mos de calçado e deixar-mos de andar com sapatos da rua cá por casa, as vantagens são inúmeras.



"Cats are like cookies... you can't have just one"

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Merengue com doce de morango





Sempre que fazemos salame guardo as claras no congelador para dias em que me dá uma vontade avassaladora de comer "Pinha Dourada" como lhe chama a minha mãe.
Super simples e fácil, as moças cá de casa nunca tinham provado, é surpreendente como as consigo maravilhar com coisas tão simples como açúcar e claras de ovo. Onde andaram elas estes anos de vida?

Ingredientes:

  • 6 claras
  • 140g de açúcar em pó
  • Margarina para untar
  • doce de morango


Bater as claras em castelo e ir juntando o açúcar aos poucos, batendo sempre até ficarem bem firmes.
Untar um tabuleiro e, com a ajuda de uma colher, colocar o merengue.
Vai ao forno, a 160ºC, por cerca de 20 minutos.
Retirar e deixar arrefecer.
À parte dilui o doce de morango num tacho com um pouco de água, deixei arrefecer.
Espalhar o doce por cima do merengue e está pronto para os mais gulosos. 

domingo, 31 de janeiro de 2016

Os problemas são os mesmos só mudam as palavras

Durante anos ouvi colegas minhas queixarem-se que as suas crianças, volta e meia, diziam que elas eram más mães e que queriam mães novas.
Nós pais adotados passamos exatamente pelas mesmas experiências mas com vocabulário mais adaptado:
"- Eu não quero estar mais nesta casa, quero ir para uma casa nova."
Como lidar?
Aplicar um pouco de psicologia, um grande abraço e dizer:
"- A mãe gosta muito de ti!"

Acho que lhe criei mais uns quantos traumas psicológicos para os próximos 30 anos. 

Porque quando ela pensava que eu ia reagir com uma voz mais agressiva e dar-lhe a atenção que ela estava a exigir tentando magoar os que a rodeavam eu reagi exatamente o contrário... ainda agora ao deitar me perguntou se eu estava chateada com ela e eu respondi que não, só triste porque ela não gosta de mim.
Lá ficou com uma lágrima no olho.
Chego à sala e deparo-me com a mais velha escarrapachada no sofá a dizer:
"- Se ela quer ir embora vai, só me chateia a cabeça!"

E dizem que elas são irmãs de sangue, o tanas :)

sábado, 30 de janeiro de 2016

Filmografia - o último visto em 2015




Título: Deixa o amor entrar
Ano: 2014
Género: comédia / romance
Duração: 102 min.
Realização: 
Christian Ditter
Intérpretes: Lily CollinsSam ClaflinChristian Cooke |
Ratings: 7.2/10


"Rosie e Alex são melhores amigos desde os cinco anos, portanto, era impossível tornarem-se namorados... ou será que não? No que diz respeito ao amor, à vida e em tomar decisões acertadas, estes dois são os piores inimigos de si próprios. Aos 18 anos deixam passar a oportunidade... e a vida troca-lhes as voltas, deixando-os separados por um oceano." retirado de mag.sapo.pt

Para mim...
Um relembrar de como às vezes andamos tão cegos para a vida e para quem está ao nosso lado o tempo inteiro.
Desde que vi este filme perco-me a observar as pessoas com quem partilho a minha vida, refletindo sobre o quanto elas são especiais para mim, cada uma à sua maneira.
O verdadeiro amor!

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Como enervar crianças - episódio 3687

"-Mãe, onde é que desligas a lareira à noite quando te vais deitar?"

Eu fiquei de tal maneira em choque que o paizinho da dita criança aproveitou a deixa para se rir um pouco.

"-Então tu nunca viste o botão aí de lado?"

Eu continuei em choque. A minha criança de 6 anos apalpou o mármore todo em volta da lareira em busca do malfadado botão que nunca tinha visto. O pai da dita criança ria-se a bandeiras despregadas. A irmã da criança interviu.

"- Ó Bia, a sério?"

Eu não sai do choque, mas também não expliquei à criança que não havia nenhum botão mágico. Afundei-me mais na lista de má mãe.