quinta-feira, 17 de Julho de 2014

Surprises


"Incarceron" revelou-se a mais surpreendente descoberta das últimas leituras.

Comprado numa dessas promoções de "leve 2 pague 1", veio somente por arrasto, achei a capa engraçada de resto mais nada.
Como ainda nos podemos surpreender!!

quarta-feira, 16 de Julho de 2014

Porra pá

Imagens de uma miúda super magra na TV, eu opino:
- Fogo, tão magra!
Ele opina:
- Deixa estar que tu não metes melhor cobiça...

sábado, 12 de Julho de 2014

Inspira, expira

- Mãe olha uma "vruleta"!
- Bor-bo-le-ta!
- "Vru-le-ta".
- BOR-BO-LE-TA...
(20 minutos depois e várias tentativas)
- Vá diz agora: borboleta!
- "Vruleta"!
- Desisto!
A Gabriela abandona a divisão a protestar:
- Haviam de te nascer eram duas "vruletas" na cabeça a ver se gostavas!

quarta-feira, 9 de Julho de 2014

segunda-feira, 7 de Julho de 2014

Not enough

Porque decidiram implicar com a minha camisola..
- "Hoje vens camuflada?
- Não o suficiente...
- Hummm?
- É que me consegues ver e estás a moer-me a paciência!"

Eu ultimamente lido só com mulheres de mau humor, aposto o dedo mindinho em como é alguma coisa contagiosa.

sábado, 5 de Julho de 2014

"Hipocrisia"

"Hipocrisia é pretensão ou fingimento de ser o que não é. Hipócrita é uma transcrição do vocábulo grego "hypochrités". Os atores gregos usavam máscaras de acordo com o papel que representavam numa peça teatral. É daí que o termo hipócrita designa alguém que oculta a realidade atrás de uma máscara de aparência."

Uma palavra que me tem saído da boca inúmeras vezes nos últimos tempos.
Durante anos fui considerada "pessoa não digna" de continuar a pertencer ao círculo de amizades de muitos que conhecia após estes terem tido filhos.
Como se a vida se limita-se somente a "upgrades" e sem qualquer tipo de contacto com as "outras versões" existentes.
Agora enchem-me de mensagens e pedidos de amizade...
A estes todos só tenho uma pequena coisa a dizer: hipócritas.
Se não era digna antes não mudei nada agora, não são dignos da minha amizade e assim vai continuar!

quarta-feira, 2 de Julho de 2014

Filmografia



Título: Transformers: Era da Extinção
Ano: 2014
Género: Ação / Aventura / Fição
Duração: 165 min.
Realização: 
Michael Bay
Intérpretes:   Mark WahlbergNicola PeltzJack Reynor 
Ratings : 6.4/10

"Depois de muitas e duras batalhas, os Transformers desapareceram da face da Terra. Mas os vestígios que deixaram são obsessivamente investigados por cientistas e homens de negócios interessados na sua tecnologia molecular, cujo domínio promete a mais revolucionária (e milionária) das conquistas. Enquanto isso, Cade Yeager (Mark Wahlberg), um mecânico, faz uma descoberta fantástica: um camião que pensava ser sucata é, afinal, Optimus Prime, o líder supremo dos Autobots, os "robots" que tantas vezes lutaram pela salvação do planeta e até do universo. Agora, pode estar em causa a extinção da Humanidade. Com a ajuda de Cade e outros amigos, e contra todas as probabilidades, os heróis alienígenas vão ter de voltar a enfrentar os terríveis Decepticons e lidar, em simultâneo, com vilões inesperados: os poderosos e gananciosos homens que os perseguem. Pelo caminho, vão ter de renovar a sua fé nos seres humanos, envolver-se em lutas titânicas e até recorrer a um exército de Dinobots...
Repleto de cenas de acção e efeitos especiais, o filme de ficção científica é o quarto capítulo da saga cinematográfica baseada na popular série de animação dos anos 1980, sobre seres de um planeta distante (Cybertron) que têm a particularidade de se transformar em automóveis e outros aparelhos. Tal como nos capítulos anteriores, a realização está entregue a Michael Bay, com Steven Spielberg como produtor executivo." (retirado do PÚBLICO)


Para mim... (5 estrelas)
Simplesmente "outstanding!"
Venham agora as Tartarugas Ninja!

terça-feira, 1 de Julho de 2014

[ sunday ]


Com o alto patrocínio do vento...
Mulheres todas cá de casa com vestidos de ganga, só para o estilo!

segunda-feira, 30 de Junho de 2014

Pedagogia

Um dia inteiro a ouvir isto:
Joana:  "- Mãe! A Bia não me deixa em paz, está-me sempre a lamber!"
Deixo o que estou a fazer, desloco-me até ao pé da criatura em causa e lambo-a da ponta do queixo até ao cimo da testa... com bastante baba.
Vejo-a passar de vermelho a roxo, passando por azul e acabando numa cor meio esverdeada de raiva.
Eu: "- Então Bia gostaste?"
Ela acena a cabeça a dar sinal que não.
Eu: "- Então não faças mais à tua irmã, por amor de Deus!"

Soube depois pela minha informadora que ela se esteve a esfregar toda na casa de banho com sabonete líquido. Afinal baba de mãe é asquerosa!

sábado, 28 de Junho de 2014

Batismo "acidento-automobilistico"

Em 15 anos desde que tirei a carta de condução nunca tive um único acidente... até ao incidente de ontem.

Se eu disser que atropelei um velhinho não vou estar a usar o termo correcto, posso sempre dizer que fui abalroada por um peão que era um velhinho.
Literalmente ia eu mais as miúdas de carro na viagem para casa quando apareceu um velhinho a correr vindo do nada a meio da estrada e me mandou uma "sarda" no carro.

Ponto positivo: soprei pela primeira vez no balão.
Ponto negativo: tive que ligar ao meu pai e dizer-lhe que o carro que me emprestou está todo amassado de um lado.

Quanto ao velhinho, aqui vão as palavras da minha filha mais velha: "Se o filho do velho não pagar o arranjo leva uma coça!"

Eu por acaso já aqui tinha dito que adoro as minhas filhas!